sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Waiting



Fiquei o dia inteiro esperando você.

Pra ouvir seus relatos dos últimos acontecimentos conturbados da sua vida atual, suas reclamações diárias de vitima e seus lamentos “a la ninguém me ama”, mas você não veio.

Parece que quando escuto seus problemas os meus parecem menores. Não que eles sejam porque não há um medidor, mas pelo menos eu sinto que não sou a única a ter duvidas sobre o futuro.

Minha crise não é existencial é uma crise de projeção eu acho, ou melhor, de como me projetar para onde eu quero chegar. Parece tão superficial. Não comento sobre isso, é o tipo de conversa que ninguém quer ter.

Meus assuntos ultimamente não andam estimulando muito as pessoas. Meus amigos maconheiros continuam falando de maconha e eu estou mais do que farta desse assunto. Os promíscuos continuam insistindo em festinhas regadas a fumaça e bebida e eu me sinto mal só de me imaginar lá dentro. A última vez que quis voltar as raízes rasta e ir a um show de reggae passei mal durante 2 horas e resolvi ir embora sem ver a banda tocar.

Não consigo mais beber e dar risada sem motivo. Não consigo mais ficar em ambientes fechados. Meus assuntos mais recentes se resumem em vender meu apartamento, casar, dar um rumo na minha carreira, abrir um negócio e a doutrina espírita cristã. Quem quer saber disso?

Sei que as mudanças de comportamento só me fazem bem, mas parece que to deslocada. Ainda não conheci pessoas com as mesmas características. Ando num ambiente familiar que é o que me sustenta, e se há uma coisa de que não posso reclamar é do meu relacionamento.

Hoje eu esperei você pra me sentir melhor, mas você não veio. Tive que levar meu dia me virando em bons pensamentos. Veja se aparece semana que vem.

Um comentário:

superior disse...

I will pass on your article introduced to my other friends, because really good!
wholesale jewelry